Getúlio Vargas - biografia resumida e governo

Quem foi Getúlio Vargas, principais realizações de seus governos, forma de governar, a Era Vargas na História do Brasil

Getúlio Vargas: importante presidente do Brasil no século XX
Getúlio Vargas: importante presidente do Brasil no século XX



Governo Vargas - biografia resumida

 

- Getúlio Dornelles Vargas (19/4/1882 - 24/8/1954) foi o do Brasil durante dois mandatos.: 1930 a 1945 e de 1951 a 1954.

 

- Entre 1937 e 1945 instalou a fase de ditadura, o chamado Estado Novo.

 

- Vargas assumiu o poder em 1930, após liderar a Revolução de 1930.

 

- Governo marcado pelo nacionalismo e populismo.

 

- Fechou o Congresso Nacional no ano de 1937 e instalou o Estado Novo, governando de forma controladora e centralizadora.

 

- Criou o Departamento de Imprensa e Propaganda para censurar e controlar manifestações contra opostas ao seu governo.

 

- Perseguiu opositores políticos, principalmente, partidários e simpatizantes do socialismo. 

 

Resumo das principais realizações do seu governo: 

 

- Criou a Justiça do Trabalho em 1939.

 

- Criou e implantou vários direitos trabalhistas, entre eles, o salário mínimo, Consolidação das Leis do Trabalho, semana de trabalho de 48 horas, Carteira profissional e férias remuneradas.

 

- Vargas fez fortes investimentos nas áreas de infraestrutura: criação da Companhia Siderúrgica Nacional, Companhia Vale do Rio Doce e Hidrelétrica do Vale do São Francisco.


- Em 1938, criou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

 

- Após um golpe militar, Vargas deixou o governo em 1945. 

 

O Segundo Mandato de Vargas

 

- Vargas foi eleito presidente da República em 1950, através das vias democráticas, ou seja, pelo voto popular.

 

- Neste segundo mandato continuou com uma política nacionalista.

 

- Criou a campanha do "Petróleo é Nosso", para impedir que empresas estrangeiras pudessem explorar o petróleo em terras brasileiras. Esta campanha resultou, posteriormente, na criação da Petrobras. 

 

A crise do governo Vargas e o suicídio

 

- Em 1954, o clima político no Brasil era tenso e conflituoso. Havia fortes críticas por parte da imprensa ao governo de Vargas. Os militares também estavam descontentes com medidas consideradas “de esquerda” tomadas por Vargas. A população também estava muito descontente, pois a situação econômica do país era ruim.

 

- Existia, portanto, grande pressão para que ele renunciasse. Porém, em agosto de 1954, Vargas suicidou-se no Palácio do Catete com um tiro no peito. 

 

 

Última revisão: 21/08/2019.
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).